Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Fui. Sou. Serei...

Pensamentos do (meu) mundo.

Fui. Sou. Serei...

Pensamentos do (meu) mundo.

25.Ago.18

Engrenagens da vida

Oh! Engrenagens da vida,

Quem vos fez assim?

Não param um segundo

Não abrandam para mim...

 

Quem vos quer assim,

Que ao mundo não pertencem

Mas à vida em si?

 

Que vida tenho eu

Se lugar para ela não tenho?

 

Oh! Engrenagens da vida,

Quem vos fez assim?

Que receio do mundo têm

Para (n)ele não me deixares sentir.

 

Que vida se vive na vida em si?

O respirar sem o ar

O pulsar sem pulso

E a mente sem onde habitar.

 

Porque do mais complexo

Nos deste a dúvida,

E do mais vago

A compreensão...

 

Oh! Engrenagens da vida,

Quem voz fez assim?

Franca para uns

Maliciosa para mim.

 

É na natureza que te mostras,

É nela que te fazes assim,

Apresentas o belo e o sereno

E assim a podridão em mim.