Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fui. Sou. Serei...

Pensamentos do (meu) mundo.

Fui. Sou. Serei...

Pensamentos do (meu) mundo.

23.Jun.18

Estranho

Foi uma semana interessante aqui para os meus lados. Lados diga-se no blogue, a minha vida é uma monotonia de pensamentos sem fim que começo a perder-lhes o interesse com o tempo.

Foi nesta última semana que recebi um imenso apoio da grande comunidade do SAPO. Foi também atribuído a um dos meus textos o destaque na página do mesmo, Ler a vida, e, apesar de ser o segundo destaque a que o meu cantinho foi mencionado, nunca consigo compreender o porquê da equipa por detrás do processo iria logo escolher, primeiro a mim, segundo os textos que o fez. Mas, claro, não estou a culpar nada nem ninguém (que venham eles hahaha), mas é tanta a admiração que questiono se é mesmo verdade.

É também enorme (em relação ao meu «tamanho») a divulgação a que está a chegar o meu blogue. Deparei-me com muita mais interação nestes recentes três dias do que em três meses passados. Não consigo dizer um obrigado que valha por isto (a bem ver ainda nem o disse para nada, e ainda queria fazer deste texto um de agradecimento, isto cá eu ...), mas é grande e profundo o meu agradecimento.

Escrever sempre o iria fazer, nunca o fiz para ser reconhecido portanto podia estar eu aqui sozinho e mesmo assim iria continuar com o que faço. Agora, o que me deixa um brilho nos olhos são as notificações de comentários na aba destinada. Não consigo descrever. A bem ver foi essa a minha intenção de por cá andar, da interação que proviria da publicação dos meus textos numa plataforma online. Estou muito grato de estar a receber todo o apoio, toda a discussão dos assuntos, e, vou aqui até a vos incentivar a fazê-lo mais! Aqui não só para mim, mas para todos os blogues que acompanham e lhes retiram alguma fonte de entretenimento. O meu sentimento não é exclusivo, e acredito para quem esteja a ler isto (talvez a minha mãe hehe) e tenha um blogue (pronto, aqui não há mãe para ninguém), sinta este mesmo prazer de receber um comentário e toda a discussão que poderá se desenrolar com ele!

Nisto tudo queria dizer obrigado, (agora sim! homem valente!). Obrigado por me mostrarem este pequeno mundo, esta pequena comunidade, mas tão brilhante e tão acolhedora como ela o é. Algo que tento também fazer é ir atrás dos projetos (diga-se textos, tags, o blogue em si para resumir) das pessoas que cá passam, porque como disse uma vez; Gosto de conhecer quem a mim o quer fazer. Também disse, lá no primeiro texto do meu blogue, este espaço é meu porque sou eu quem está aqui na «tela grande», mas neste caso são as letras pequeninas lá em baixo onde gosto de perder o meu tempo (diga-se os vossos comentários e até a divulgação dos vossos textos :) )

Muito obrigado, (novamente, pronto, agora comecei já não quero parar haha)!

 

Bem, porquê o título assim, então? (Devem-se questionar). Bem, porque eu sou estranho mesmo... Mas apesar de ser um estranho, tenho gente a passar por aqui, a querer conhecer mais do que faço, e por isso agradeço!

4 comentários

Comentar post