Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fui. Sou. Serei...

Pensamentos do (meu) mundo.

Fui. Sou. Serei...

Pensamentos do (meu) mundo.

17.Fev.19

Sinto-me caminhar ao lado do mundo, e não nele

Sinto-me caminhar ao lado do mundo, e não nele.
Os rios que correm, vejo-lhes eu o fundo, a sua eterna queda num abismo de nada:
Cascatas infindas de desgostos e vidas.
Ah, fosse eu sentir as águas!

 

Os ventos e as árvores desprezam-me
Nas suas danças celestes.
Toda a vida acolhem e abraçam
E eu nos seus tornados ou espinhos me embaraço.
Não me quer a terra!

 

Aos céus praguejo, e os corvos oiço.
- Levem-me daqui! Grito eu.
E um chilrear negro ecoa, como resposta.
Amedrontam-se as aves de lhes roubar eu a liberdade!

 

Pertence ao homem o caos.
A chama que destrói
E o calor que as feridas sara,
Possuindo nas mãos o dom de dizer bem
E na língua das mais venenosas palavras!
Irra! Que vida...
Fossem chamas e labaredas de paixão,
Que viveriam todos mais descansados!

 

2 comentários

Comentar post