Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Fui. Sou. Serei...

Pensamentos do (meu) mundo.

Fui. Sou. Serei...

Pensamentos do (meu) mundo.

28.Fev.18

Sou um eu muito estranho...

Há coisas que nem sempre digo, que ficam só para mim. Muitas delas grito cá de dentro a ver se alguma se ouve de fora. Não sei porque não vivo sendo quem sou, ou porque diabos me escondo por detrás de uma máscara, logo uma que encontrei no chão e que nem me representa pouco ou nada. 

Fecho-me e penso, como se vivesse assim. Com tanta vida em mim e não a liberto com medo de perder algo, de fazê-lo mal e ter que ficar assim. É errado pensar quando queremos ser nós a viver e a tomar as nossas ações. É errado porque não somos nós no momento que o fazemos, a pensar nisto e naquilo e o que realmente desejávamos perde-se, assim entre pensamentos e se's. No meio de tudo não sou eu nada. Nem tão pouco às bordas que não arrisco ser diferente. Que é que eu ando a fazer? Ser diferente de quê se não sou nada...

E começar realmente a caminhar, em direção ao que vejo e sei que não está lá, pois de ilusões é a vida feita, e eu quero viver.

E chegar perto de alguém e dizer o que sinto? Porque de interação é a vida feita, e eu quero viver.

E não recear a rejeição, e dizer ao mundo quem sou e quem quero ser? Porque vida temos só uma, e eu quero-a viver.

E se deixar-me disto, largar os e se, e viver?

 

Sempre ouvi dizer que falar é fácil, mas eu hoje não disse nada.... Pouco mais fiz, que amanhã serei o mesmo a pensar e se? E se.... E se... (...) .