Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Fui. Sou. Serei...

Pensamentos do (meu) mundo.

Fui. Sou. Serei...

Pensamentos do (meu) mundo.

11.Ago.19

Não há muito mais que escrever.

Francisco
Não há muito mais que escrever. Com o que tinha criei tudo o que conhecia, tudo o que me era permitido a partir das palavras que tinha. Não há muito mais que escrever quando nem ler consigo o que já tenho escrito, de tão promíscuo que é. Não há muito mais que escrever, quem me lê, lia ou irá conhecer, pois palavras mais não tenho.  Não há muito mais que escrever quando da grafite do lápis apenas os seus resíduos se espalham na folha de papel, já tão minúsculos e (...)