Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Fui. Sou. Serei...

Pensamentos do (meu) mundo.

Fui. Sou. Serei...

Pensamentos do (meu) mundo.

18.Mar.20

Tornou-se desgastante a busca por palavras

Tornou-se desgastante a busca por palavras.

Por mais sentidos, sinónimos ou significados

Nenhuma me serve de nada.

O que quero dito não se fala.

 

De anciãs respeito-lhes a idade,

O poder que embutido no homem

Ofereceu-lhes, há tempos, dignidade. 

Hoje sujam estes o nome com as palavras que os elevaram.

 

Não preciso das palavras.

O mundo lá fora é-me o mesmo sem elas,

O brilho do sol não enfraquece

Ou a natureza desaparece.

 

Pelo contrário, 

Enaltecem-se por deixarem de ser comparados

Em poesias francas e cansadas

A tudo o que brilha e é sossegado.

 

Para as coisas mundanas,

Rurais ou citadinas,

Dizem-me pouco ou nada.

O pensamento é a prisão da alma.

 

A ausência comunica mais do que a presença,

Sendo na ignorância onde brilha o infinito

E no conhecimento a limitação do que é verdade.

Abraço uma montanha como quem abraça uma árvore!

 

Quanto menos homem for

Mais próximo me encontro do que estou a procurar.

É na primitividade da existência onde a pureza se encontra,

O resto são fabricações, poluentes, ilusões e falsidades.